quinta-feira, julho 30, 2009

Chamam-lhe férias

Vou passar uns tempos sem olhar para o relógio. Alguns chamam-lhe férias.

terça-feira, julho 28, 2009

Chover no molhado

O sector do golfe no Algarve está em crise. Em Março de 2007, um dos meses mais fortes para o negócio, venderam-se 135 mil voltas nos campos do Algarve. Dois anos depois foram apenas 95 mil, uma quebra de 30% que resulta principalmente da fuga de praticantes ingleses e irlandeses.
Se me explicarem, mas devagarinho, da razão do investimento do campo de golfe e respectiva Academia pela Câmara Municipal de Cantanhede, talvez eu entenda que esta obra é estruturante para o concelho.

segunda-feira, julho 27, 2009

Unhas para a Guitarra Portuguesa

Neste momento uso uma unha postiça feita de um pedaço de corno de boi. Foi um trabalho de escultura para a adaptar ao meu indicador, o que a torna pessoal e única, pois cada guitarrista sua mania. O resultado final é o que interessa.

sábado, julho 25, 2009

quarta-feira, julho 22, 2009

A gente paga

«Manuel Dias Loureiro deixou a Sociedade Portuguesa de Pintura e Moldagem para a Indústria Automóvel (SPPM), firma do Grupo SLN/BPN que trabalhava para a Autoeuropa, à beira da falência. Pouco mais de um ano após a sua saída da presidência da SPPM, em Novembro de 2007, a fábrica foi salva 'in extremis' pela Volkswagen, que assumiu a gestão da SPPM para evitar a paragem quase total na Autoeuropa e salvar quase 3200 postos de trabalho. Ao todo, em pouco mais de três anos, a SPPM acumulou prejuízos de 22 milhões de euros, dos quais cerca de oito milhões registaram-se em 2007.»
O homem tem pouco jeito para os negócios.

domingo, julho 19, 2009

quinta-feira, julho 16, 2009

Vai um copo?

Aqui estão boas notícias para os frequentadores da minha tasca. Entrem e tomem um copo se quiserem viver mais uns anos. (Clicar)

terça-feira, julho 14, 2009

SUSANA SEIVANE DIRECTO EN LA NUIT CELTIQUE

É Verão, tempo de dar umas gaitadas. Para os frequentadores da minha tasca, aqui vai uma gaitada dada por Susana Seivane. É gaitada que vale a pena! Um abraço a todos os clientes desta tasca.

segunda-feira, julho 13, 2009

Copianço nos Diário de Coimbra e Diário As Beiras

http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Policia/Interior.aspx?content_id=1304238
(Valha-nos São Cricalho!)
DIÁRIO DOS DIÁRIOS
Os nossos queridos diários devem ter perdido o código postal que leva à publicação de notícias sobre o escândalo do século em Coimbra. O DB e o DC continuam a não dar cartas no caso dos Amigos dos Correios. Estaremos perante um pacto de silêncio? Valha-nos São Mickael Carreira.
Publicado por osexoeacidade em 10 de Julho de 2009

Na hora do calor

quinta-feira, julho 09, 2009

Questões de cultura

Claro que a gestão camarária não está a gozar comigo só por dois milhões de euros! Será que o tal empréstimo a longo prazo que a Câmara contraiu, fazendo fé no que li no jornal asbeiras, tem este destino? É que é uma pipa de massa para fazer umas Quintitas em honra da N.S. da Eleição. Será que dará para tanto estádio de futebol? Depois da Quinta biológica (1) de Cantanhede, teremos nós a Quinta biológica (2) de Febres, e por ordem lógica e com a graça de Deus teremos para o ano a Quinta biológica (3) para Ançã, pois na Tocha não existe Quinta biológica, mas sim um Complexo de pistas rectangulares para atletismo?
Asim a Inova, especialista em pastagens biológicas, terá muito que relvar.
Caro João Moura, meu amigo guitarrista e presidente da Câmara de Cantanhede, não duvido da tua capacidade na gestão do carcalhol, só que as comissões de festas do nosso concelho têm tido um trabalho de peso, e se estica de um lado encolhe do outro.
Quando escasseia o pão, aumenta o circo.
Publicada por Manel em 4.11.07
Etiquetas:
Foge João, que 2008 já passou!

Uma questão cultural

(Obras Inova na Lagoa Negra)
"Não posso deixar de expressar a minha, a nossa profunda indignação, por esta imerecida atitude da Câmara Municipal, que considero um lapso, porque recuso pensar que esta atitude configure a hostilização ao poder autárquico na freguesia, porque se assim o fosse, estaríamos perante uma dispensável arrogância, imprópria da cultura democrática que todos defendemos e desejamos na freguesia, no concelho e no país."
Estas palavras são da Presidente da Junta do Corticeiro de Cima a quando da inauguração da ETAR da Freguesia.
Eis aqui a prova que João Moura não consegue, ou não quer, fugir à cultura política herdada da Acção Nacional Popular (ANP) , a cultura que suporta a missão da máquina política local, na visão redutora do poder pelo poder.
Foge João!

quarta-feira, julho 08, 2009

Canelão e boia

Na Praia da Tocha com a companha do mestre Lídio, teve como resultado uns carapaus fritos com arroz de tomate.
Adoro estas coisas!

Momentos de plena magia

segunda-feira, julho 06, 2009

Mas que turismo?

(Caniceira 04-07-2009)
Sabe-se que o Turismo representa 10% do PIB. Isto indica a sua importância e também é aí que estão novas oportunidades de negócio, onde se englobam também as mais tradicionais e ancestrais actividades económicas e produtivas.
Mas que turismo?
A pergunta que se coloca é sobre o que se quer como turismo para a Praia da Tocha, isto é, se mais turistas ou mais receitas, sabendo nós que mais turistas dão mais receitas no imediato, mas a questão coloca-se se mais do mesmo é caminho a seguir, trazendo a banalização com a degradação associada e respectiva decadência, ou se quer um turismo mais abrangente de cadeia de valor mais longa, isto é, alargando-o às actividades locais quer comerciais quer produtivas, apostando num segmento de mercado turístico de maior capacidade de compra e de padrões de qualidade mais altos. A oferta de sol e praia, só por si, traz consigo mais automobilistas e a banalização que se já nota de ano para ano na Praia da Tocha. O negócio paralelo do arrendar casa nos meses de Verão está a definhar dadas as melhorias das acessibilidades e da mobilidade. Então o que fazer, se esgotado está o produto sol e praia, e se os produtos estratégicos que podemos ofertar para aumentar as receitas e qualidade terão que ter como componentes a gastronomia, saúde e bem-estar? O que deveria ser prioridade da autarquia que infelizmente, continua sem rumo, pois a autarquia não tem qualquer plano de desenvolvimento sustentado?
O que neste momento se entende como projecto de desenvolvimento turístico centrado na Praia da Tocha deverá ter integrado as actividades económicas da Gândara, assim como novas oportunidade de actividade e negócio.
Mas se só pensar a Gândara cansa, então fazer…

sábado, julho 04, 2009

Prisão de Coimbra em Cantanhede

Mais uma obra estruturante para Cantanhede!
Depois do campo de golfe onde todos os gandareses já se deleitam com o prazer de bater bolas com o olho da enxada, afunila-se o caminho ao anúncio da concretização de mais uma obra estruturante , que levará à melhoria dos indicadores da taxa de utilização dos complexos desportivos a construir e do perfumado e aromático campo de golfe, projectando assim o concelho de Cantanhede para o exterior.

sexta-feira, julho 03, 2009

Como é lindo o nosso fado

(clicar na imagem para aumentar)
O azar do Madoff é não viver em Portugal. Os nossos Madoffezitos divorciam-se e doam tudo às ex-esposas, ficando sem nada, sem onde cair mortos. Os americanos têm muito a aprender connosco.

quinta-feira, julho 02, 2009

É a estupidez, ó Pinho!

É a estupidez, ó estúpido! Eis a leis fundamentais da estupidez humana: Primeira lei fundamental: Cada um de nós subestima sempre e inevitavelmente o número de indivíduos estúpidos em circulação. Segunda lei fundamental: A probabilidade de uma certa pessoa ser estúpida é independente de qualquer outra característica dessa mesma pessoa. Terceira lei fundamental: Uma pessoa estúpida é aquela causa um dano a outra pessoa ou grupo de pessoas, sem que disso resulte alguma vantagem para si, ou podendo até vir a sofrer um prejuízo.

quarta-feira, julho 01, 2009

Mestre Alves André em pleno

Cartunes e Bonecos

Os nossos "Madoff" vivem todos em liberdade, com principescas reformas, regalias sociais, e outras mordomias. Os americanos têm muito a aprender connosco...
O azar do Madoff é não viver em Portugal...
Adenda de 02-07-2009: "Os nossos Madoff deveriam ser tratados como vulgares ladrões de bicicletas..."