terça-feira, julho 28, 2009

Chover no molhado

O sector do golfe no Algarve está em crise. Em Março de 2007, um dos meses mais fortes para o negócio, venderam-se 135 mil voltas nos campos do Algarve. Dois anos depois foram apenas 95 mil, uma quebra de 30% que resulta principalmente da fuga de praticantes ingleses e irlandeses.
Se me explicarem, mas devagarinho, da razão do investimento do campo de golfe e respectiva Academia pela Câmara Municipal de Cantanhede, talvez eu entenda que esta obra é estruturante para o concelho.

7 comentários:

A. M. disse...

Amigo Manel:

Boa tacada e boa pontaria!
Caiu mesmo em buraco fundo!
Parabéns.

aspirante a tacho disse...

Ser estruturante, é... não sei é se é para o concelho...
É estruturante para quem tem a ganhar com aquilo... Pelo menos para o responsável por aquilo e para quem vai fazer a manutenção... enfim, mais meia duzia de tachos justificados.
E eu nada!!!

António disse...

Manel,

Imagina-te com o taco na mão, a dar umas belas tacadas...e o esplendor do imenso relvado ao teu alrededor, mais umas febras...assadas, claro está!
Que tal? Ía Mal? oh oh...

PS-obrigatório levar chuteiras e não galochas...

Bruno E. Santos disse...

Até entendo que o campo e a academia de golfe possam ter algo de estruturante, mas apenas se:
- Forem geridos de forma profissional como quaisquer outros campos privados, sem ser mais uma fonte de tachos para os mesmos de sempre!
- Se for bem publicitado, em especial nos concelhos limítrofes, que não tem este tipo de infraestruturas (ainda, embora existam vários projectos); sobretudo nos com maior potencial turístico, como Coimbra, Figueira da Foz e Mira!
- Se a CMC e a Inova negociarem com unidades hoteleiras da região, a inclusão de uma possível prática de golfe, como mais um possível serviço a incluir nos respectivos pacotes turísticos! E aproveitam a deixa para distribuir uns panfletos a publicitar o Concelho!
- Se surgirem na zona alguns potenciais aspirantes a "Tiger Woods", que se consigam tornar profissionais e chegar a ganhar 1/100 avos dos rendimentos que ele aufere, isto se gastarem algum na zona! Item de probabilidade reduzida de suceder!
- Se o facto de saber jogar golfe, permitir a alguns cidadãos da região melhorar o seu "status" perante algumas elites empresariais ou sociais do país, permitindo-lhes assim uma melhor progressão social e profissional!

aspirante a tacho disse...

Cá para mim, alguns empresários bem sucedidos do concelho, querem passar umas horitas em alto estilo, com os seus convidados...
Vai daí, tá de fazer um campo de golf privado, com dinheiros públicos... não interessa se é viável ou não.
Estamos a pagar todos, para meia duzia de GATUNOS se divertirem...
Já agora, qual a percentagem de população do concelho que sabe que existe um campo de golf? 1%, 2%? Será que sabem que as taxas que têm de pagar à Inova, também vão pagar as despesas do campo de golf?
Tenho de arranjar um gato morto!...

MDomingues disse...

Os Gandareses só tem de aprender a ver...!

http://www.youtube.com/watch?v=rUFi3BFtqaU



Três Gandarezes já fartos da tasca, dão voltas ao chapeu!

- Oh Xquim, já chega de sueca! Jáxtou farto disto!!
- Atão e se fossemos jogar o golefi ?
Pra onde? Pergunta Xquim
P'ra Cantanhade, responde o Zéi
- Atão, oh! Zéi, com'é q'se joga isso ? Pergunta o Toino:
- É c'mas bolas, cum pau e um buraco, diz o Zéi.
- Atão tá bãim... ê cá dou o pau.
...E ê cá dô as bolas!
Ê cá nu jogo, responde o Xquim

Anónimo disse...

Olá Manel!
Pelos vstos já deste umas tacaditas na bola lá na academia de golfe da Cantanhede? Pleo que me apercebi já estás experiente na competição! Mas olha que não te deves adiantar muito em despesas porque parece que é intensão da nova Câmara Municipal de Cantanhede, criar um subsídio social para que todos, repito todos, os gandareses e bairradinos do concelho de cantanhede,possam adquirir os melhores, refiro os melhores, equipamentos e a adequada indumentária para a orática por estes, do popular desporto de massas que é o golfe.
Um abraço e continua como sempre.
Muita saúde.