sexta-feira, outubro 06, 2006

Engenheiros (3)

No Escoural da Sanguinheira (a aldeia do Escoural é de duas freguesias, a Tocha e a Sanguinheira), ali para os lados da vala do Corgo, uma ponte de manilhas nasceu, obra executada a mando da Junta de Freguesia como prendinha para os já poucos agricultores da terra. Quando vier a esperada cheia, os terrenos irão alagar, o caminho será destruído, será o poder de Deus nosso senhor! Quem irá pedir responsabilidades ao presidente das manilhas e seu engenheiro hidráulico?

8 comentários:

Ricardo Moreira disse...

E o povo resmunga, resmunga, resmunga...

A Pito Dourado disse...

Meus Deus, como há pessoas tão "intelegentes" !?...

Bem , depois "malha-se" no melro da Junta, ou então é pedir-lhe já explicações (mas por escrito, para se a coisa der merda...)

Cristina disse...

ninguém claro!:)))

beijinho, bom fim de semana

o observador disse...

Isto são coisas de engenharia e bem pensadas. Repara na aplicação de manilhas duplas e , talvez, aramadas...
A engenharia referida é a militar, claro. A outra engenharia portuguesa, a civil, ainda não sabe fazer destas coisas. São precisos muitos cálculos..

A Pito Dourado disse...

Deus te ouça, amor !

Dulcineia disse...

Francamente!
Sempre a criticar, sempre a criticar e não se esforçam por entender!
Tipicamente o comportamento do povo português...
Depois de tantos estudos, protocolos com as melhores universidades estrangeiras, visitas a obras similares no Brasil e Holanda, chegaram a esta brilhante solução.
O trabalho vai ser publicado na melhor revista cientifica da especialidade e vem o Zé Povinho, armado em esperto, a criticar.....
Até parece que não conhecem o provérbio:” Mais vale duas manilhas na mão...”
Francamente......

H. Raqui disse...

Eu tenha cá umas senas... na mão !

Então quando chover, querida Dulcineia !

o observador disse...

Quando chover o melhor é tirares a mão de onde a tenhas e pegares... no chapéu de chuva... daqueles "muita" grandes. "Ganda" sena...meu!