sexta-feira, julho 23, 2010

Leis Universais para Engenheiros Ingénuos

Leis Universais para Engenheiros Ingénuos do Comité de Recomendações Práticas da Sociedade Internacional de Engenheiros Filósofos.
1. Em qualquer cálculo, qualquer erro que se possa introduzir, introduzir-se-á.
2. Qualquer erro em qualquer cálculo irá na direcção do maior dano possível.
3. Em qualquer fórmula, as constantes (especialmente as que se obtêm nos manuais de engenharia) devem ser tratadas como variáveis.
4. A dimensão mais vital de qualquer plano ou desenho é a que tem mais probabilidades de ser omitida.
5. Se apenas uma requisição puder ser assegurada para qualquer projecto, o preço estará para além do razoável.
6. Se uma instalação de teste funcionar perfeitamente, toda a produção de unidades subsequentes funcionará mal.
7. Todas as promessas de entrega devem ser multiplicadas por um factor de 2.0.
8. As maiores alterações ao produto serão sempre requeridas quando o fabrico estiver quase concluído.
9. As peças que pura e simplesmente não puderem ser montadas pela ordem errada, sê-lo-ão.
10. As peças intercambiáveis, não o serão.
11. As especificações de desempenho do fabricante devem ser multiplicadas por um factor de 0.5.
12. As especificações anunciadas pelos vendedores devem ser multiplicadas por um factor de 0.25.
13. As instruções de instalação e de operação enviadas com o aparelho serão imediatamente deitadas fora pelo Departamento de Compras.
14. Qualquer aparelho que exigja reparação ou manutenção será o menos acessível de todos.
15. As Condições de Assistência Técnica mencionadas nas especificações serão sempre ultrapassadas.
16. Se mais de uma pessoa for responsável por um erro de cálculo, ninguém terá a culpa.
17. Unidades idênticas que passaram com os mesmos resultados nos testes não se comportarão de forma idêntica quando em campo.
18. Se, na prática da engenharia, um factor de segurança for definido por meio da experiência do serviço a um dado valor, um tolo engenhoso calculará imediatamente um método para exceder o factor de segurança mencionado.
19. As cláusulas de garantia perdem a validade contra o pagamento da factura.

4 comentários:

MDomingues disse...

Esta lei, tem a sua razão de ser publicada em bom Português!

...Muito do que se vê por cá, está mesmo conforme a Lei!

A. M. disse...

Amigo Manel:
Isto é para ser lido com um sorriso e de facto isso aconteceu-me. Vê-se que são regras bem marteladas pelo ofício, logo, de experiência feitas. Trouxeram-me à memória qualquer coisinha do género lida em tempos e até um dito ouvido desde a infância por quem se metia a construir casa para no fim sentenciar: agora é que devia começar a fazê-la (para evitar os erros cometidos, é claro)...
Carpe diem!

Anónimo disse...

ENGRAÇADO, ESTA REGRA TEM MUITA APLICAÇÃO NA "NOSSA" CLASSE POLÍTICA: 16. Se mais de uma pessoa for responsável por um erro de cálculo, ninguém terá a culpa.

Anónimo disse...

Amigo Manel,
Deixe que lhe diga que nos electrotécnicos, não é bem assim ... ;-)
Boas doses guitarristicas, nas férias!!!

1 ab,
Fernando Paulo