quinta-feira, setembro 20, 2007

Um sistema adiabático

Li no jornal Diário asBeiras a justificação de João Moura, presidente da Câmara Municipal de Cantanhede, sobre o IMI. Penso que o navegar só à vista que João Moura está a usar, é demonstrativo da falta de ambição e de projectos. Tal técnica, além de obsoleta, só ajuda a ampliar o mar do marasmo que a embarcação navega. A questão não é ser demagógico, mas sim ser ambicioso nos objectivos de combate ao desperdício. E depois fica mal, já não é de bom-tom, muito menos moda usar o tique “chama-lhe puta filha, antes que ela te chame a ti “. E já que falo de desperdício, para quando o tal estudo sobre a eventual taxa a aplicar aos prédios degradados? Eu estou a informar-te, caro João, que pago IMI em Cantanhede, que como munícipe tenho o direito a saber para que projectos se destina o empréstimo a longo prazo que a Câmara irá contrair, fazendo fé no que li no jornal asbeiras. O destino a dar ao pilim deveria ficar contratualizado no contrato do empréstimo, e aí esta parte da mensagem que aqui mostro deixaria de ter razão para existir. É que é uma pipa de massa, existindo o sério risco de se vir a gastar o dinheirito a comprar e a fazer umas coisitas, tais como mais umas festas em honra da N.S. da Eleição. Não é que eu duvide da tua capacidade na gestão do carcalhol, só que as comissões de festas do nosso concelho têm tido um trabalho de peso, e como sei que estás dentro de um sistema adiabático, isto é, se estica de um lado encolhe do outro, quando escasseia o pão, aumenta o circo. Nota: A foto que ornamenta esta mensagem foi aqui colada só por uma questão de equilíbrio estético.

7 comentários:

Tanto dinheiro disse...

Também li o Jornal... Esta câmara vai contrair um empréstimo 3 vezes superior ao empréstimo que o Dr. Rui contraiu... 1 milhão e meio de contos... mas com aquele dinheiro foi colocada água potável (da rede) em todo o concelho.. e pelo que li no jornal este dinheirão todo não será para concluir o saneamento básico... De facto Manel o concelho precisa é de festas e não de condições dignas de saúde pública e de preservação do ambiente!!!

presi dente disse...

Eu li a lista de obras a executar com o milhão e meio:
- 5 passeios
- 2 fontenários na vila de cima;
- 4 valetas
- 50 dúzias de foguestes para as inaugurações das obrsa listadas;
- 4 estádios de futebol
- 1 automóvel para o sr presidente
- 3 mercedes para os vereadores
- 1 monte de .... para a oposiçõa
- e mais não digo...

JUMENTO1 disse...

«Até agora, nenhuma autarquia mostrou interesse em se juntar ao Sistema Nacional de Compras Públicas. Este sistema abrange formalmente apenas a Administração Central e institutos públicos, mas as autarquias podem também utilizá-lo para as suas compras, se assim o desejarem. Na leitura de Francisco Velez Roxo, presidente da Agência que gere aquele sistema, a Administração Local tem feito grandes progressos na gestão de compras, mas tem ainda espaço para poupar mais.»

JUMENTO2 disse...

Infelizmente alguns autarcas preferem comprar a quem vota neles...

Má gestão disse...

Desde que João Moura entrou na câmara já foram vendidos:
- Lotes na Praia da Tocha e Lote para construção Hotel na P.Tocha, tudo no valor de mais de 300 mil contos... entretanto neste 2 anos tb contraiu outros empréstimos de curto-prazo e outros de médio-longo prazo!!! Agora como se não bastasse, vai endividar a câmara em mais de 1,5 milhões de contos, sendo que este empréstimo só é para começar a pagar em 2009 (período carência de 2 anos). Assim EU tb geria a Câmara!!! Quem vir a seguir que pague as contas!

noticiasd'aldeia disse...

Pois é Amigo Manel,
Isto por aqui vai mal, por aí, parece não ir melhor, e por lá vai na mesma. Como Deus não nos ajuda, vai sendo tempo de nos ajudar-mos.
Valha-nos a fotografia!
Cpts

Manel disse...

Caro amigo Abel,
Por esta Gândara e Bairrada aguardamos um S. Martinho bem regado, já que a ajuda de Deus não aparece, nem a N.S. da Tocha tem pago a luz à EDP para nos alumiar o caminho.
É que o bom vinho é mesmo o melhor amigo do Homem.
Cpts