quarta-feira, abril 04, 2007

Uma questão de Cultura (1)

As condições económicas locais estão ligadas, mais do que muitos possam imaginar, à globalização que vivemos. Foi também com o contínuo crescimento desta dita globalização, e graças também a esta, que vimos surgir um aumento de uma “classe média” que consume e comercializa uma grande gama de produtos, que com o esbatimento das fronteiras europeias relativamente aos mercados e produção orientais tão ávidos de matérias primas e energia, nos colocam à nossa frente produtos que nos tornam a nós, europeus, receosos em relação a esta nova situação de concorrência internacional. Ora assim, a economia local vai empobrecendo, pois os ganhos que tinha-mos com o dito comércio internacional desapareceu faz tempo, e a Europa já não tem subsídios para nos dar. Mas o circo autárquico continua com festas e mais festas, desperdício e mais desperdício. É só dar uma volta e ver com olhos de ver, pois ter um olho bem no meio da testa não será condição necessária.

2 comentários:

Anónimo disse...

Não dá para ver com o olho do ciclope?

Tiago disse...

http://www.dois.tv/programas/camaraclara/arquivo/070401.htm Manel, Tem que Ver isto. Um Abrço