quarta-feira, março 07, 2007

Os estúpidos semáforos

7,20 Horas da manhã. Sintonizo a Antena 2 com o sinal vermelho teimoso e duradoiro. Ouço as danças húngaras de Brahms orquestradas pelo próprio (informa o locutor) devido a pressões dos amigos, pois as tinha composto para 4 mãos, únicos toques permitidos em público para afectos em tempos idos. O estúpido semáforo do Corticeiro de Cima lá contiua teimosamenente aberto. Em frente a condenada casa do início do século passado, e os estúpidos e teimosos semáforos a prejudicar a todos, incluindo quem os lá mandou colocar. Se os semáforos lá não estivessem, onde se iria mostrar semáforos aos eleitores?

16 comentários:

Joao Gentil disse...

os semaforos, principalmente os de controle da velocidade, sao dos mais estupidos que por ai se vêm... alias a empresa que os vende ao estado deve estar pouco lucrativa, deve...

Manel disse...

Um abraço João. Já adicionei aos favoritos. Prometo estar na Sexta na FNAC - Coimbra, para apreciar a tua arte.
Por definição, estupidez é o acto praticado pelo estúpido que além de prejudicar os outros prejudica o estúpido que o praticou.
Mas há mais caso como este do Corticeiro. Dou o exemplo dos semáforos no largo aa Tocha. Esses são um hino à estupidez semaforal!

abanamisso disse...

E o senhor cumpriu o seu dever de avisar quem de direito que o sinal está avariado? Porque não usou a autoestrada? Ou sujere que eu vá dormir ao lado do semáfuro? Só sabem é criticar.

Manel disse...

Caro abanamisso,
O meu amigo não deve ser utilizador destes semáforos. Não há qualquer avaria, eles funcionam!
Eles são é intiligentemente estúpidos. Tão intiligentemente estúpidos que são complicadamente intiligentes.

Anónimo disse...

Seria interessante contabilizar nas Povoeiras quantos acidentes já houve, o número de mortes e feridos. É uma situação revoltante, aquele semáforo. Depois do cruzamento para quem vai da Caniceira para a Tocha (irracional). Assim vai o mundo, quem cria os negócios ardilosos são os espertos, os outros que se calam são tidos como otários. Só resta deixar de ser otário e perguntar quantas pessoas mais tem que morrer nesse semáforo das Povoeiras.
Saudações amigas.

Manel disse...

caro anónimo,
É pertinente o teu comentário, pois esse semáforo, estupidamente colocado mesmo ali quando se vira para o Escoural, tem dado origem a muitos acidentes, sendo alguns mortais, e com meus conhecidos e amigos.
Tal qual na educação alguns pais se despiram das responsabilidades educativas, os senhores autarcas não assumem as verdadeiras responsabilidades.
Obra feita não é os paralelos de cimento no largo, mas sim cidadania, cultura, segurança e qualidade de vida.
O que o mercado vende é o que o mercado compra.

M.A.M.Ó. disse...

Anonymous said... de 7 de Março. O senhor é um otáiro. É só falar para não estar calado...que fazeis para mudar o que está mal? Criam blogs? Escrevem nos blogs? Que cultura ensina? Qualidade de vida é estar sentado em frente ao computador a mandar uimas bocas num blog? A obra é feita de paralelos no largo, de paralelos nos passeios das vossas casas e de muito trabalho noutras árias. Todos somos culpados do que está mal, todos. Deiche de ser OTÀRIO e ponha mãos à obra. Por acaso já colocou preto no branco e fez ver a alguém o que está mal? Claro que nada fez. Por isso o senhor é um OTÀRIO. E mais. Se cumprir as regras de trânzito verá que ninguém morre neste semáforo. Deixe de ser otário. Espere. Espere. Otários são os que se calam. Então o senhor é um esperto.

Anónimo disse...

"SANCTAS SIMPLICITAS"

M.Domingues disse...

Amigo Manel!
Este teu espaço apraz, fruto do conhecimento e novas tecnologias, tambem começa a ser aproveitado por alguns "anonymous" expressarem aqui a coceira que os atormenta,quando alguém aponta o dedo ao que funciona mal!

Há mais semáforos fruto da mesma árvore... teimosos e ninguem os tira...

"CONSTRUÇÃO DE ROTUNDA AO KM 97+200 - LARGO DA TOCHA:- DA JUNTA AUTÓNOMA DE ESTRADAS-DIRECÇÃO DE ESTRADAS DO DISTRITO DE COIMBRA, ofício número quatro mil oitocentos e treze, datado de onze de Dezembro do ano findo, remetendo, para conhecimento, cópia do parecer prestado pela Brigada Territorial da Guarda Nacional Republicana, relativamente à construção de rotunda ao Km 97+200, na Tocha, o qual refere que existindo no local semaforização que regulariza e previne acidentes, não se justifica a alteração................................"

continuação do texto:

http://www.cm-cantanhede.pt/dataimages/Acta%2001_98.doc

Cps.
M.D.

Anónimo disse...

Resposta a M.A.M.Ó. said .... A sua ira saiu muito ao lado. Conheço muito bem a terra onde nasci e a essência das pessoas. Inclusive as pessoas a que se referia dos paralelos. Estou longe, necessito de ir aí para matar saudades e recarregar baterias. Nunca tomei Prozac, o meu é essa zona da gandara. Não escrevo em blogs, apenas consulto este porque é de uma pessoa que prezo mas que não falo com ela desde Novembro de 93. Encontrei este blog quando procurava algo escrito sobre a Tocha na Internet. Não mando bocas, expresso opinião. Alguns amigos meus morreram nesse cruzamento. Eu passava nele quando ia de bicicleta para a telescola na Tocha (há 3 décadas). Nessa altura que eu saiba não morria lá gente. Hoje morre. Li vários livros entre os quais - Vantagem Competitiva das Nações de Michael Porter e Finanças Públicas de Musgrave e outros anglo-saxónicos – que fariam bem a algumas pessoas. Nas sociedades modernas as pessoas vêm sempre em primeiro lugar. É isso que eu ensino. O meu mundo não é a preto e branco, sou mais liberal, mesmo os que só vêm a preto e branco ao fim de algum tempo reconhecem o cinzento. As pessoas que morreram nesse semáforo estavam paradas à espera do verde e foram abalroadas, pela retaguarda. Houve um caso, que deixou filhos bem menores ainda. Cumpria as regras de trânsito.
Saudações educadas.

Manel disse...

Caro anónimo e amigo, que não falamos desde Novembro de 93, dá-me pistas.
Lembro um nosso amigo comum, o Manel Repas, pescador da arte xávega, praticante de voo em asa delta, paraquedismo, parapente e ultra leve, além de grande guarda redes da União Desportiva da Tocha. O Repas teve várias aterragens forçadas na Serra da Boa Viagem, na barrinha de Mira, na estrada da Praia, numa terra de milho nas Cochadas. O Repas, veio a nado do barco que estava na faina a cerca de 800 metros e regressou ao barco com um novo remo de substituição para que o barco pudesse regressar à praia. O Repas morreu nesse semáforo. O céu da Tocha ficou pobre sem a máquina voadora do Repas. O barco do Repas perdeu-se na praia da Tocha. Os pinhais Escoural do Repas ficaram sem terem quem olhe por eles. É nosso dever ressucitar o Repas.

Anónimo disse...

Isto merece ser postado na totalidade!!!!

CONSTRUÇÃO DE ROTUNDA AO KM 97+200 - LARGO DA TOCHA:- DA JUNTA AUTÓNOMA DE ESTRADAS-DIRECÇÃO DE ESTRADAS DO DISTRITO DE COIMBRA, ofício número quatro mil oitocentos e treze, datado de onze de Dezembro do ano findo, remetendo, para conhecimento, cópia do parecer prestado pela Brigada Territorial da Guarda Nacional Republicana, relativamente à construção de rotunda ao Km 97+200, na Tocha, o qual refere que existindo no local semaforização que regulariza e previne acidentes, não se justifica a alteração geométrica do local com a construção da rotunda. Junto ao processo encontra-se uma informação prestada em dezanove de Dezembro do ano findo pelo Vereador Senhor Major Jorge Diogo, do seguinte teor: “Tendo presente o teor dos documentos mencionados em referência, que se devolvem, informo Vossa Excelência do seguinte: “Diz-se no documento da Guarda Nacional Republicana que houve uma reunião da Comissão Distrital de Segurança Rodoviária, no dia vinte e nove de Outubro do ano findo. Se houve, desconheço em absoluto o que lá se terá passado, uma vez que não estive presente. Não me chegou qualquer informação ou despacho nesse sentido. Independentemente disso, continuo a considerar que a rotunda em questão é absolutamente fundamental e deverá ser implementada quanto antes. A semaforização existente no local, é obsoleta e geradora de conflitos de trânsito, incompatíveis com as necessidades de fluidez e segurança do tráfego rodoviário, sobretudo no Verão. Deve ser pura e simplesmente abolida e substituída pela rotunda”. A Câmara, por unanimidade e tendo por base a informação prestada pelo Vereador Senhor Major Jorge Diogo, deliberou reiterar a sua intenção de construir, quanto antes, uma rotunda ao Km 97+200, junto ao Largo da Tocha, dado que, conforme informação prestada pelo Director do Departamento dos Serviços Técnicos, em quinze de Dezembro de mil novecentos e noventa e sete, para além de todos os inconvenientes, a manutenção dos semáforos no local implica para a Autarquia um encargo anual de um milhão e quinhentos mil escudos, sucedendo-se as avarias e o derrube dos mesmos, pondo em risco a segurança e conferindo ao local um aspecto de degradação quase permanente.--

Quem é que mama com a instalação de semáforos?

vaza lina disse...

Quem é que mama com a instalação de semáforos? Tão por dentro do assunto, tá-se mesmo a ver quem mama deve ser o Anonymous de 10 Março. Ou se não mama gostava de mamar. Mas olhe que a mama um dia acaba. Não se esquessa caro Anonymous que tudo o que disser pode ser uzado contra si... O Sr Anonymous sabe muito mas anda a pé....

Anónimo disse...

E depois quem que iria reparar naquela santinha feita em pedra?

Anónimo disse...

Quem lá a mandou pôr! tássmemavêr...

Anónimo disse...

Deviam tirar os semáforos e colocar aquelas rampas elevadas para acalmar o tráfego. Os doidos da velocidade que partissem um eixo.
Os semáforos da velocidade só funcionam a sério se tirarem uma fotografia a quem anda em excesso de velocidade, e consequentemente uma multa a quem coloca em perigo a vida dos outros...dos que andam a pé, de bicicleta...de forma civilizada.