segunda-feira, março 14, 2011

Acabou a crise. Que venha a crise.

A crise que veio para ficar até à próxima crise, acabou. O discurso está gasto e as políticas económicas estão montadas em pressupostos já ultrapassados.
Há uma direita antiga dos interesses económicos que espera sugar da gamela orçamental o que lhe interessa, que quer menos Estado, mas o que quer e espera é comer ainda mais do Estado.
Há toda uma clientela que come da gamela orçamental e outra que ainda espera comer dela, e que orbita o PS e o PSD. É só reparar para o que se passa nas Câmaras Municipais, o sindicato do voto. Há um BE que não tem uma ideia, uma proposta sequer, muito menos uma visão para a coisa pública e que quer agarrar determinados sectores do estado mais esclarecidos da classe média agora de salários cortados pelo dito PEC. Temos um PCP de ideias do passado, sempre no resistir na luta. Temos um presidente que se diz não político, mas é um político manhoso, que foi rotulado de grande economista, mas qualquer jovem mestrado da área com dois dedos de testa e com capacidade de trabalho, o arruma a um canto.
Temos a chulice criminosa e sem Ética do BPN e outras coisas idênticas que conhecemos herdadas desde há 25 anos, no mínimo, desde a entrada na CEE quando o dinheiro entrava em milhões por segundo.
Assim, esta crise veio para ficar até à próxima crise.
Se houver eleições nos tempos próximos, o que é provável, não me parece que uma maioria apareça nas urnas. Tal qual nas eleições presidenciais, a maioria deverá ser da abstenção.
Não há mais dinheiro para circo.
Não há mais pão para malucos.
As medidas impopulares são inevitáveis, e como não há justiça debaixo deste céu, nem acima dele, a coisa vai apertar e doer. Mas uma ideia, uma visão que sirva de guia para as futuras políticas austeras é necessária, e os actuais partidos, como estão, estão esgotados. Uma república republicana é precisa. Quando me falam na actual crise eu afirmo que aguardo a próxima crise, que esta já era, não tem mais para dar. Isto de escrever coisas é que dá corrimentos de teclado.

1 comentário:

Saude24 disse...

Livro “Saude 24 horas” – guia de saúde para todos com soluções e dicas para mais de 100 problemas de saúde, Gripe, constipações, febre, tosse, garganta inflamada, colesterol, tiróide, diarreia, obstipação, queimaduras, bebés, grávidas, contracepção, menstruação, disfunção, entre outros. Plataforma de apoio www.saude24horas.net. Deplanobooks editora.

www.saude24.net agora em livro, livro Saude 24 horas, de Carlos Edgar