quarta-feira, janeiro 19, 2011

Fábrica de correntes de ar

Roubado aqui
As ventarolas salvadoras do défice autárquico estão aí na calha. Se não pagamos de uma maneira pagaremos outra, mas desta vez alegremente.
A produção energética através do vento tem esse defeito de só introduzir energia na rede quando este sopra, enquanto a energia só é consumida quando é precisa. Como ainda não estão instalados, muito menos existem até à data, armazéns de energia a funcionar, mas serão negócio em futuro próximo, lá tem que arrancar grupos de produção térmica com os problemas e custos associados.
Todas as produções energéticas alternativas são bem-vindas, pois não há uma solução definitiva. Mas quando terminarem os apoios e subsídios as estas, que irão e terão que acabar a curto prazo, será a vez da minha futura fábrica de correntes de ar começar a facturar.
E perguntam vós, frequentadores desta reles tasca, o que farás tu com a fábrica quando o vento parar de soprar? Sim, porque eu só fornecerei correntes de ar quando o cliente, o dono da ventarola, as pedir.
Eu tenho tudo planeado. A minha fábrica além da linha de produção de correntes de ar terá uma linha de produção de ar ensacado. Quando não fornecer correntes de ar, fornecerei ar ao pacote.

9 comentários:

Anónimo disse...

http://batemtodos.blogspot.com/2011/01/c-c-e-as-paneleireices.html

aspirante a tacho disse...

E quem é que fornece o pacote? E será que o pacote vai ser barato? Ou será que alguém vai dar o pacote?
Mas também, tem de ser um bom pacote, bem vedado, de primeira... sugiro que se use a bilha...

Bruno E. Santos disse...

Deixo as minhas opiniões sobre o assunto:
- Se se vai mexer numa zona sensível de Reserva Ecológica Nacional, será preferível concentrar numa zona um ou dois parques com algumas dezenas de aerogeradores (uma forma produção de energia limpa e renovável), e não criar vários mini-parques espalhados pela floresta toda e com poucos aerogeradores! Tal será melhor em termos de custos, economias de escala e impacto ecológico (vários mini-parques pressupõem vários estradões de acesso, várias dezenas de km's de cabos enterrados, etc...)!
- A notícia diz aerogeradores junto à costa? Este pessoal bate bem da bola? Construam-nos junto à Nº2 florestal, onde está a torre de recolha de dados, a várias centenas de metros da costa! Não sei se repararam que alguns dos turistas estrangeiros que nos visitam, gostam de passear na costa deserta, da tranquilidade das franjas das praias, da prática não oficial de naturismo, etc...! Se vão colocar aerogeradores junto à costa (será nas dunas ???), sendo conhecido o ruído que estes parques geram nas proximidades (em alguns países da Europa não podem ser construídos a menos de 500m de habitações), vão mandar para o lixo mais uma das fontes de atracção turística desta zona! Aerogeradores sim, mas pelo menos a algumas centenas de metros da costa!

Arregassa disse...

Se pensassem era em gastar menos energia... isso sim... é que era. Tudo o resto é "diarreia verbal"

Shirley disse...

parabéns pelo seu espaço, informativo, e ótimos textos.
bjs
Shirley

Anónimo disse...

veja e pense se não pode ser verdade

http://batemtodos.blogspot.com/2011/01/c-c-e-as-paneleireices.html

Silvino Potencio disse...

DE: Silvino Potêncio,

Nos ultimos anos temos nos concentrado em vários projectos para deminuição do tal "Buraco do óH zónio"!... Buraco esse que, como sabemos, é auto propagado ou seja, quanto mais se lhe tira maior ele fica!
Na verdade depois de ler aqui este artigo de opinião, gostariamos de opinar alguns aspectos técnicos deveras importantes!... até para uma solução imediata do alto indice de desemprego nacional!!!
Vamos supor que a fábrica de correntes de ar possa ser desmontada e recolocada em outro local mais apropriado por exemplo no Largo do Rato...
Assim, quando alguma corrente levasse todos os politicos que nos governam, lá para o quinto dos infernos do Buraco do OH zónio, era só dar parte ao Estado e escrever no relatório... FOI UM AR QUE LHE DEU e prontos tudo resolvido...
Silvino Potêncio - Emigrante Transmontano
Ex Retornado Ex Combatente Ex Pulso do Gueto Aulgarveschwitz Eis Criba Avulso e a Granel Ex Fabricante de Ar En Sacado do Banco Alimentar

Silvino Potencio disse...

De: Silvino Potêncio

Devido à pertinente importância do assunto aqui apresentado, e... principalmente pelo nosso alto conhecimento do assunto, acrescentamos o seguinte:
QUALQUER CORRENTE DE AR COM UMA VELOCIDADE MINIMA DE 6KMS PODE FAZER GIRAR UMA PA DE AEROGERADOR PARA FABRICAR 2.5MWH DE ENERGIA LIMPA, INODORA E PASMEM-SE SEM COCO!!!

*coco é igual a co² (cê oh dois ao cu adrado)
*6kms é igual a seis mil sacos
2.5mwh é igual a dois ponto cinco mega úotes por ora...
Silvino Potêncio - Emigrante Transmontano.
Ex Retornado, Ex Combatente, Ex Pulso do Gueto Aulgarveschwitz, Eis Criba Avulso, Eis pecialistas em ensacar correntes de ar pelo sistema de retro-propulsão automatizada.

Anónimo disse...

Coοl blog! Is yоur theme сuѕtom made оr
did уou downlоаd it from somеwhere?
A design lіkе уours ωith
а fеω simplе tweеκs would
really make my blog shine. Please let mе κnoω ωherе you got
yοur theme. Kudοs

mу blοg payday loans