quarta-feira, setembro 23, 2009

Escoural, Agosto 2009

Homenagem ao nobre animal orelhudo que tão bons coices tem aplicado.

7 comentários:

Bruno E. Santos disse...

Tão giro! Até apetece fazer-lhe umas festinhas! !*_*!

Anónimo disse...

Bons coices sem ferradura! ... O Animal é mesmo inteligente, não tarda confraria!

"Um burro morreu à frente de uma Igreja e, como uma semana depois, o corpo ainda se encontrava lá, o padre resolveu reclamar com o Presidente da Câmara local.

- Senhor Presidente, há um burro morto à frente da Igreja há quase uma semana!
E o Presidente, que era um grande adversário político do padre, respondeu:
- Mas padre, não é o senhor que tem a obrigação de cuidar dos mortos?
- Sim senhor, sou eu! - respondeu o padre, com serenidade. Mas também é minha obrigação avisar os parentes! "

aspirante a tacho disse...

Será que este vai aparecer nos boletins de voto???
Será que finalmente vou votar certo???
Em que partido milita???
Será independente?...
Aposto que fez uma boa campanha... pena não ter oferecido tachos a ninguém, senão ganhava com larga maioria...

Carlos Rebola disse...

Caro Manel

Nota-se nas feições do sujeito, uma insondável e talvez profunda tristeza tristeza. Será pelo facto de lhe terem colocado palas nos olhos, para que olhe somente na direcção pretendida por estranhos à sua condição de sujeito de largos horizontes? Ou será para que não vislumbre o progresso estacionado atrás dele e que poderia ser a sua libertação da condição de burro que lhe impuseram sem intervá-los?
Parabéns, esta foto é um documento, um atestado à inteligência humilde do dito orelhudo ao qual impõem o uso de palas.
Podemos dizer que é um animal filosofo,perspicaz, talvês socrático, destrói silvas, um problema que pica, passou pelas visigóticas terras de Sousa, abrem-lhe todas as portas para receber o leite e quando o irritam dá meia dúzia de coices e parte a louçã toda. Não admira que lhe coloquem palas.

Abraço
Carlos Rebola

Anónimo disse...

Visitem, tornem-se membros e comentem:

www.olhodocu.com

O Olho do Cú surge de uma ideia que provavelmente já passou pela cabeça de milhares de pessoas por esse mundo fora.
- Em que lugar poderei eu exercer a minha liberdade de expressão de modo a que esta seja vista e revista por milhares de pessoas?
- Onde poderei encontrar pessoas com vontade em expressar as suas opiniões, agrados e desagrados?

A resposta é simples…
www.olhodocu.com

Se nunca imaginou ser possível participar num projecto deste género…
Pensou que um lugar como este nunca iria surgir…
Se acha que esse lugar vai fechar…
Se pensa que aqui a sua opinião não conta…

Lamento informar, mas está redondamente enganado(a).

O Olho do Cú veio para soltar toda a m#%$& que está dentro de nós!!!

Para que não restem dúvidas aqui fica a principal motivação do Olho do Cú

Artigo 37.º
(Liberdade de expressão e informação)

1. Todos têm o direito de exprimir e divulgar livremente o seu pensamento pela palavra, pela imagem ou por qualquer outro meio, bem como o direito de informar, de se informar e de ser informados, sem impedimentos nem discriminações.

2. O exercício destes direitos não pode ser impedido ou limitado por qualquer tipo ou forma de censura.

3. As infracções cometidas no exercício destes direitos ficam submetidas aos princípios gerais de direito criminal ou do ilícito de mera ordenação social, sendo a sua apreciação respectivamente da competência dos tribunais judiciais ou de entidade administrativa independente, nos termos da lei.

4. A todas as pessoas, singulares ou colectivas, é assegurado, em condições de igualdade e eficácia, o direito de resposta e de rectificação, bem como o direito a indemnização pelos danos sofridos.

in www.portugal.gov.pt - Constituição da República Portuguesa

Esta mensagem será apenas enviada uma única vez e tem por objectivo dar a conhecer um espaço que tem como máxima a "Liberdade de Expressão"

http://www.olhodocu.com

Anónimo disse...

Visitem, tornem-se membros e comentem:

www.olhodocu.com

O Olho do Cú surge de uma ideia que provavelmente já passou pela cabeça de milhares de pessoas por esse mundo fora.
- Em que lugar poderei eu exercer a minha liberdade de expressão de modo a que esta seja vista e revista por milhares de pessoas?
- Onde poderei encontrar pessoas com vontade em expressar as suas opiniões, agrados e desagrados?

A resposta é simples…
www.olhodocu.com

Se nunca imaginou ser possível participar num projecto deste género…
Pensou que um lugar como este nunca iria surgir…
Se acha que esse lugar vai fechar…
Se pensa que aqui a sua opinião não conta…

Lamento informar, mas está redondamente enganado(a).

O Olho do Cú veio para soltar toda a m#%$& que está dentro de nós!!!

Para que não restem dúvidas aqui fica a principal motivação do Olho do Cú

Artigo 37.º
(Liberdade de expressão e informação)

1. Todos têm o direito de exprimir e divulgar livremente o seu pensamento pela palavra, pela imagem ou por qualquer outro meio, bem como o direito de informar, de se informar e de ser informados, sem impedimentos nem discriminações.

2. O exercício destes direitos não pode ser impedido ou limitado por qualquer tipo ou forma de censura.

3. As infracções cometidas no exercício destes direitos ficam submetidas aos princípios gerais de direito criminal ou do ilícito de mera ordenação social, sendo a sua apreciação respectivamente da competência dos tribunais judiciais ou de entidade administrativa independente, nos termos da lei.

4. A todas as pessoas, singulares ou colectivas, é assegurado, em condições de igualdade e eficácia, o direito de resposta e de rectificação, bem como o direito a indemnização pelos danos sofridos.

in www.portugal.gov.pt - Constituição da República Portuguesa

Esta mensagem será apenas enviada uma única vez e tem por objectivo dar a conhecer um espaço que tem como máxima a "Liberdade de Expressão"

http://www.olhodocu.com

Anónimo disse...

Àcerca do comentário anterior.
Embora não seja administrador nem dono deste blog, penso que o seu autor visa preferencialmente temas e factos que envolvam preferencialmente a nossa "Gandara", terra outrora estéril, que ninguém quis, e até alvo de criticas depreciativas aos seus "rudes" habitantes. Penso que hoje já ninguém tem vergonha de dizer que é gandares.
É verdade que somos da beira-mar, e não temos a influência dos lobis trasmontano, beirão interior e outros relacionados com orientações sexuais.
Estamos a fazer o nosso caminho. Um dia haveremos de ter um Ministro cá da terra!...

Ass: Jomapa