terça-feira, fevereiro 24, 2009

Qual é o caminho?

- Vou por aqui? - Não vás por aí.

3 comentários:

Carlos Rebola disse...

Manel

Dá a ideia que a porta de saída ou entrada, está barrada por alguém que é "mestre" em bons caminhos, logo o caminho seguido decerto foi o melhor. Também, pode ver-se, que, se algum percalço surgisse, havia uma assistência de peso pronta a actuar, para o melhor e para o pior... medicina, teologia, arte e engenharia numa espécie de conclave, prontos a tomar uma decisão de grande responsabilidade, por onde ir? Eis a questão...

Abraço
Rebola

António disse...

Caminhos...os da nossa convicção!
Eu ainda penso assim...
De qualquer modo e como sugere a foto, naquele momento julgo que todos ou quase todos eram propicios. Digo eu!

marcelo disse...

ai esta um bom elenco camarario