quarta-feira, abril 16, 2008

Funciona com pilhas

http://www.20minutos.es/galeria/4089/0/4/ Estación verde. La única estación de repostaje de combustible de hidrógeno que existe en Inglaterra, que será inaugurada mañana en el campus de Edgbaston de la Universidad de Birmingham en Reino Unido. Se planea la construcción de otras tres estaciones como ésta en Londres y de otras 12 en todo el país para el 2010. O QUE É A PILHA DE COMBUSTÍVEL? O princípio da pilha de combustível "fuel cell", baseia-se no processo electroquímico que combina directamente Hidrogénio com Oxigénio do ar, a uma temperatura da ordem dos 100ºC, produzindo electricidade e vapor de água; H2 + O = H2O + Electricidade A energia eléctrica debitada é controlada pela quantidade de Hidrogénio fornecido às diversas células, que constituem a pilha.

10 comentários:

Carlos Rebola disse...

Talvez uma energia limpa com futuro.
Bom rumo.
Tenho ideia, salvo erro, que esteve projectada para a região centro (Montemor-o-Velho?), uma unidade industrial de produção de células de hidrgénio.

Um abraço
Carlos Rebola

Manel disse...

A unidade industrial em questão é em Montemor-o-Velho.
O que foi notícia não foi a unidade industrial e a crescente importância de Montemor, mas sim, o sindicalista Mário Nogueira.

M.Domingues disse...

Caros amigos
Sou 100% a favor, do recurso a energias e limpas, mas naõ podemos ignorar o aproveitamento do desperdício das energias mais poluentes! ( por isso estou a construir a título experimental, uma micro unidade de cogeração, que aproveita mais cerca de 50% de energia de qualquer motor de combustão ou explosão!... e com a grande vantagem de os gases de escape serem libertados já frios, sendo reduzida logo a sua elevação para a atmosfera, podendo ser mais facilmente capturados para uma filtragem de partículas).
Em relação á unidade industrial de células de combustível, e os perigos duma industria desta natureza para o ambiente, muito sinceramente ainda não sei como me pronunciar!
Mas quanto a sua utilização ao alcance de todos e qualquer um, aí já não gosto muito do brinquedo!
www.sceneoftheaccident.org/erg/Safety%20Issues%20Regarding%20Fuel%20Cell%20Vehicles.pdf

...Mas quando alguém diz que qualquer coisa vai criar postos de trabalho, há logo alguém que começa a rapar sem ter comichão!

Um abraço
M.Domingues

M.Domingues disse...

Por lapso o link no post foi incompleto!

www.sceneoftheaccident.org/erg/
Safety%20Issues%20Regarding%20Fuel%20
Cell%20Vehicles.pdf

As m/desculpas
M.D

Manel disse...

Amigos,
Existem tecnologias mais limpas do que outras, só isso!
Bastava a implementação de uma cultura de combate ao desperdício com objectivo de o reduzir, mesmo sem o abdicar das necessecidades fúteis e que até consideramos como básicas, a poupança de 30% em termos energéticos globais seria fácil de atingir em uma década.
Uma nova tecnologia, qualquer, vem sempre no seguimento da anterior.
Afirmar que o meu velho carocha é muito poluidor é errado, pois ele anda uma centenas de quilómetros por ano enquanto o meu automóvel de serviço os faz num dia, apesar de ter um consumo específico muitíssimo mais baixo.
Teremos que fazer, também, parte da solução.
Um abraço
manel

Arsénio Mota disse...

Apoiado, amigo Manel!
É isso mesmo!
Entretanto, acreditamos piamente que as melhores soluções irão aparecer (já estão a aparecer) quando as reservas do pétróleo forem escassas, tão escassas que já não dê para as explorar. Então, sim, acontecerá a evolução... Sim, a evolução mais rendosa para o sistema dominante!
O século XX foi o «século do petróleo» (guerras, divisões geo-estratégicas de importantes partes do mundo, dominações, êxodos), e o XXI vai ser... como?!
Ficamos para ver.

Manel disse...

Caro Arsénio,
Este século é a água e a terra em disputa

Anónimo disse...

Qualquer bacoco informado sabe como funciona a pilha de hidrogénio, aquilo a que o sr. engenheiro chama de pilha de combustível.

Anónimo disse...

Ora porra, é que está mesmo certo,
Abraço engenheiro

Carlos Monteiro disse...

Boa tarde Manel.

Permita-me uma pequena correcção na reacção química.

Como não existe o átomo de oxigénio "O" isolado na natureza, mas sim na forma molecular "O2", a reacção "H2 + O = H2O + Electricidade" não está escrita da forma correcta. Deveria escrever-se : H2 + 1/2 O2 = H2O + Electricidade". Sei que é um pequeno detalhe mas não pedia deixar passar...

Quanto ao Hidrogénio, penso que vai ser o combustível do Futuro. Não existem dúvidas. O grande desafio dos Investigadoes neste momento é encontrar uma forma sustentável de obter H2. para quem não sabe o H2 é o obtido a partir da electrólise da água (2H2O + electricidade = 2H2 + O2) ou a partir de um processo que se chama de reforma catalítica obtendo-se H2a partir de derivados do petróleo. Como o petróleo está a acabar, só resta a electrólise da água. Mas, para que esta seja sustentável é necessário que a energia eléctrica seja obtida através de energias renováveis, tais como eólica, solar, ondas, marés, geotérmica...

Temos um grande desafio para as próximas décadas.

Um abaço de um Químico picuínhas

Carlos Monteiro