terça-feira, março 20, 2007

Idalécio Cação

Idalécio é um trabalhador braçal, prepara o terreno, baldeia-o, mistura a areia branca com a preta, para que as letras gandaresas frutifiquem nas dunas de Carlos de Oliveira. Um homem ao alto, parado no meio de uma terra.
Encontramos muitos homens e mulheres ao alto e parados, no meio das terras, as sementeiras de memórias.

4 comentários:

Tiago Cação disse...

Espero ter herdado a sensibilidade e o poder de luta...Tenho pena que essa fracção da minha familia se tenha distanciado... Cada vez que vejo o Dr Idalecio, revejo o meu Falecido avó...O Boia, era assim que era chamado..

Tiago Cação disse...

Neste momento estou internado num hospital publico a recuperar de uma cirurgia. È com espanto e alegria que reparo que ainda existem hospitais bem equipados e dotados de execelentes profissionais... Estou em Anadia, Terra de vinhos pois então!!!

Manel disse...

Caro Tiago,
Um abraço e recupera rápidamente. Com as pomadas de Anadia, quem não recuperaria.

Mário Caniceiro disse...

És sempre benvindo aqui para os "meus lados". Apareçe. Um abração.