segunda-feira, julho 24, 2006

E o Céu aqui tão perto

Há frases que me põem a pensar sobre o que pensa quem as profere, apesar da solenidade e do local em que e como foram proferidas, remoendo-me na mente de como é que essas frases foram ponderadas, repensadas, rescritas, fundamentadas e relidas antes de proferidas, em leitura de discurso de papel. Sabemos, nós os gandareses, o que nos liga à terra e quanto vale o cheiro desta a quando das primeiras gotas de chuva. No entanto, ainda o olhar para o chão nos traz cabisbaixos e supersticiosos, numa Gândara envelhecida na espera mensal de correio e na dependência institucionalizada dos pequenos favores. “Posso chocar alguns, mas na freguesia da Tocha há pleno emprego”. Esta é a frase em causa, proferida a 1 de Abril de 2006 pelo presidente da Junta de Freguesia da Tocha na cerimónia oficial de entronização, I Capítulo, da Confraria Gastronómica da Gândara “Aromas e Sabores Gandareses”, num discurso sobre a Tocha, desde o Tocha vila Praia nossa, passando pelo hoje vila amanhã concelho, até ao actual pleno emprego. Seria o facto de ser mais de 20 anos a olhar para o umbigo, ou era por ser primeiro de Abril?

5 comentários:

Anónimo disse...

Na China há pleno emprego! Se não está na fábrica, está no arrozal.

bota fora disse...

"TANTO TEMPO NO POLEIRO": OU O "SENHOR" É MESMO BOM, LEVANTA MUITA POEIRA E NINGUÉM VÊ NADA ou NÃO APAREÇE NENHUM ESPECTADOR COM CAPACIDADE PARA MOSTRAR QUE ESTE "senhor" FOI ENVOLVIDO PELA POEIRA DO TEMPO. A HORA TAMBÉM VAI CHEGAR...

Manel disse...

O presidente da Junta ganhou as eleições, isto é, a maioria dos eleitores votaram nele. Ele é que é o presidente da Junta.

Cristina disse...

os dois, não?

beijinhos Manel.

Manel disse...

Cristina,
Talvez tenhas razão. Primeiro de Abril é sempre que um homem quizer e o umbigo é um sinal que somos mamíferos.